Quarta-feira, 25.09.13

 

 

"Travessia de Verão" foi o terceiro livro que li de Truman Capote e já não me restam dúvidas de que está entre os meus autores favoritos. O que gosto em Capote tem a ver com a forma fantástica como escreve e com as sedutoras histórias que, mesmo tendo sido escritas em meados do século XX, são sempre incrivelmente actuais. Há ainda um secreto motivo, algo bastante pessoal: as suas narrativas passam-se quase sempre em Nova Iorque, com descrições de sítios que tão bem conheço e porque as suas palavras me fazem sonhar e me transportam a esses sítos, revisitá-los é sempre gratificante.

 

 "Travessia de Verão" é um pequeníssimo romance com pouco mais de 100 páginas e conta a história de Grady, uma jovem prestes a completar 18 anos, filha de uma família rica que, durante umas férias de Verão em que os pais fazem uma viagem pela Europa, fica por sua conta no apartamento onde vivem, situado na sofisticada 5ª Avenida.

Grady aproveita o estar sozinha para viver um amor secreto com um jovem judeu, que trabalha em Brooklyn.

 

Uma vez mais sobressaem os sentimentos, o conflito de gerações e a divisão das classes sociais. Também aqui, tal como nos livros anteriores, foram usadas metáforas, traço peculiar da genial escrita de Truman Capote. Apesar disso, notei algo de diferente, ainda que microscópico, relativamente aos dois livros anteriores: a escrita é menos fluída, mais floreada.

Publicado apenas em 2006, os manuscritos do livro tinham sido encontrados em 2004 pelo porteiro do prédio onde T. Capote vivera, juntamente com vários outros objectos pessoais do autor. Um belo achado, sem dúvida.

Sem ter ficado deslumbrada, gostei. Este é um dos autores norte-americanos da minha preferência.

 

 



publicado por numadeletra às 19:21 | Link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos


mais sobre mim
numadeletra@gmail.com
numadeletra@sapo.pt
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
24
25
26

27
28
29
30
31


“Travessia de Verão”, de ...

Maio 2018

Maio 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Estiveram Numa de Letra...
simple hit counter
Parabéns pelo regresso. Também pela evocação de Ph...
Parabéns pelo 5º aniversário :)Deste autor, ainda ...
Tampouco gostei. Achei enfadonho e foi com dificu...
Mesmo sem ser um fã de Murakami, a verdade é que e...
Parabéns :|
O livro nunca esteve proibido em Portugal.
Gostaríamos de oferecer gratuitamente 60€ em publi...
Que frase extraordinária, adorei!Um bom ano para t...
Feliz Natal <:)}
Feliz Natal!um beijinhoGábi
tags

1q84

2012

2013

2014

2015

2016

39 em 1

55ª exposição internacional de arte

acordo ortográfico

aeroporto

afonso cruz

agradecimento

animais

aniversário

ano novo

antónio

antónio alçada baptista

arte

as leituras dos outros

barcelona

bienal de veneza

boas festas

bom fim-de-semana

bruxelas

caricatura

caricaturista

cascais

catarina ou o sabor da maçã

cinema

coldplay

concertos

david bowie

debaixo de algum céu

dia do animal

dia mundial da criança

dia mundial da música

dia mundial do livro

estádio do dragão

fantasporto

feira do livro

feira do livro do porto

férias

florença

foz do douro

funchal

gabriel garcía márquez

galerias de arte

haruki murakami

inaugurações simultâneas

israel

itália

jorge luis borges

josé eduardo agualusa

josé saramago

julião sarmento

la biennale di venezia

lisboa

livraria galeria papa-livros

livraria galileu

livrarias

livros

londres

luis sepúlveda

madeon

mensagens

metro

miguel torga

murais

museu nacional soares dos reis

museu soares dos reis

música

naftali bezem

natal

noites brancas

nuno camarneiro

ondjaki

os anos

os transparentes

paris

pavilhão grã-bretanha

philip roth

poesia

porto

primavera

projecto arte de portas abertas

provérbios

quantas madrugadas tem a noite

quarteirão miguel bombarda

raymond carver

rua

s. joão

serralves

soho

tel aviv museum of art

teolinda gersão

the national gallery

truman capote

valter hugo mãe

veneza

viagens

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds