Domingo, 08.02.15

 

Ainda a propósito do excerto do livro do post anterior, aqui está um leitor no aeroporto, por entre o "anonimato das escalas aéreas" e "da multidão passageira", que Italo Calvino tão bem descreveu.

Encontrei estas fotos no baú, são de uma viagem que fiz em 2013. Ah! E o aeroporto é o de Bruxelas.

 

120620133368.jpg

120620133375.jpg

 

 

 



publicado por numadeletra às 11:44 | Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Sexta-feira, 10.01.14

 

Quem disse que Literatura Infantil é só para crianças?

 

DSC04320.JPG

DSC04332.JPG

 

 

 

 

                                                                       



publicado por numadeletra às 15:51 | Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Domingo, 15.12.13

 

Numa escapadela rápida para tomar um refresco antes do “Trafaria Praia” zarpar, encontrei o Giovanni na exposição “My Radiant Island”, de Orna Elstein, uma artista Israelita de Tel Aviv.

A abordagem ao Giovanni foi feita em Inglês mas a conversa, surpreendentemente, terminou em Português.

 

 
 

 



publicado por numadeletra às 17:16 | Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 27.11.13

 

Talvez não faça assim tanto sentido assistir a este vídeo no Numa de Letra ou noutro sítio qualquer, que não fosse no Pavilhão Britânico da Bienal de Veneza 2013. Não sei, não resisti a publicá-lo.

 

Há 3 dias a Bienal terminou e este post serve de pretexto para lhe deixar mais uma homenagem.

 

  


publicado por numadeletra às 21:52 | Link do post | Comentar | Ver comentários (9) | Adicionar aos favoritos

Domingo, 17.11.13

 

Numa esplanada de Veneza, a Sandra uma lisboeta que abordei, aproveitava o tempo…

 

 


publicado por numadeletra às 14:46 | Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos

Domingo, 20.10.13

 

Para além da participação de Pedro Cabrita Reis com um espaço paralelo à Bienal de Veneza, a representação Portuguesa na 55ª edição é feita através do Trafaria Praia, o cacilheiro que Joana Vasconcelos recuperou e que se encontra atracado perto da paragem de vaporetto dos Giardini.

 

Ao trazer este cacilheiro que havia sido desactivado em 2011, a artista procurou fazer uma alegoria ao comércio tradicional entre Veneza e Lisboa, por via marítima, que se desenvolveu desde o Renascimento. A água, o transporte marítimo e a arte são três factores importantes a ligar Lisboa e Veneza.

 

Sobre o cacilheiro, destaco o painel de azulejos azuis e brancos (tão tradicionalmente Portugueses) que reveste o exterior, da proa à popa. Belíssimo!

O convés do navio tem a marca inconfundível da artista através de crochets em algodão e lã, uns suspensos outros pousados, alguns tecidos à mistura, tudo bem iluminado com efeitos extraordinários de pequenas luzes, numa harmonia tranquila e pouco convencional.

 

Considero que a representação portuguesa nesta edição da Bienal de Veneza  é extraordinária: Joana Vasconcelos conseguiu um pavilhão único, amovível e, portanto, a destacar-se de todas as outras representações.

Foi um orgulho ouvir fado a bordo do Trafaria Praia, sentir o pulsar português num agradável passeio que o cacilheiro faz diariamente.

 

Trafaria Praia_1.jpgTrafaria Praia_2.jpg

 



publicado por numadeletra às 15:20 | Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos

Quinta-feira, 03.10.13

 

De tanto se ouvir falar sobre Veneza, há a sensação de já lá se ter ido, de se conhecer a cidade. Era o que se passava comigo; agora, depois de por lá ter passado, digo que não é bem assim. Os relatos e as fotografias não nos transmitem os sons, os aromas, o ambiente... e Veneza tem um charme muito próprio, aguça-nos os sentidos: a visão a 3D, o contacto com os autóctones, os cheiros, os sons (o ruído da água é permanente) e o prazer da boa comida italiana.

 

Sim, Veneza é uma cidade romântica, cheia de canais e ruelas estreitas, onde os turistas de todo o mundo circulam, sem pressa. Foram 4 dias inesquecíveis, incomparáveis.

 

Se estive na Praça de S. Marco? Claro e comi um gelado, divertida e distraída com tanta gente. Andei de gôndola? Sim, atravessei o Grande Canal, uma vez de gôndola, várias de vaporetto (os autocarros aquáticos de Veneza). Se fui a Murano? Obviamente que sim, entrei numa fábrica e vi ser fabricada uma peça em vidro. Também comprei um "ricordo", como manda a praxe.

Visitei basílicas, das quais destaco "Santa Maria della Salute" e fui ao "Il Ghetto", onde a comunidade judaica se junta para fazer as suas orações.

 

Vi tudo isso e gostei muito.

 

Depois, a "Bienal de Veneza", ponto alto das minhas férias em Itália. Há tanto para mostrar, que sobre este evento falarei no próximo post. A não perder....

 

c6ye.jpg 

kqme.jpg

  

hlte.jpg

 



publicado por numadeletra às 18:33 | Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos

Domingo, 22.09.13


Em Florença, com o imponente Duomo como pano de fundo e à espera de vez para subir até à Cúpula de Brunneleschi, encontrei esta senhora francesa a ler Albert Camus.

 

 

 

 



publicado por numadeletra às 18:53 | Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 18.09.13

 

É altura de terminar o relato da minha passagem por Florença. Foram seis posts em que tentei dar uma pequena noção do que vi, do imenso que a cidade tem para mostrar, enriquecendo-nos, porque quem a visita e a aproveita só pode sair culturalmente mais rico. Pelo menos foi como me senti. Muitos sítios, estórias e factos ficaram por partilhar aqui no Numa de Letra; é impossível pôr em palavras tanta beleza arquitectónica, tanta Arte.

 

Não cheguei a falar na “Casa di Dante” nem na sua igreja, nem em “Orsanmichele” e em tantas outras igrejas e capelas… ahh!... e nos concertos de órgão que soavam à entrada de algumas capelas ao passar na rua, e a que eu quase nunca consegui resistir, sentar-me e a ficar a ouvir, quase sempre comovida.

 

Não referi os os fantásticos “O Nascimento de Venus” de Botticelli e “A Sagrada Família” de Miguel Ângelo que tive o privilégio de ver ao vivo. Quando penso nesses longos momentos em que fiquei literalmente siderada tamanha era a perfeição, continuo maravilhada. Foram génios únicos, sem dúvida.

 

…A Pietà de Miguel Ângelo, conservada no Museu dell’Opera del Duomo, concluída pelos seus discípulos e que, comparada com a original que vi no Vaticano, se revela bastante imperfeita.

 

Nem falei na Piazza della Repubblica que quase diariamente percorri e em tantas outras praças, cada uma com o seu encanto e em vários outros locais onde recentemente foram filmadas cenas do filme inspirado no último livro de Dan Brown, “Inferno”.

 

Na impossibilidade de visitar tudo o que Florença nos oferece, cumpri o ritual de “Il Porcellino” (a cópia do século XVII, em bronze, da estátua romana em mármore, de um javali que se pode ver nos Uffizi). Passei a mão no focinho brilhante e polido da estátua.

 

Entretanto aproxima-se a hora do comboio que me levará a Veneza.

Já com saudades, deixo Florença e aqui se completa o que consegui expôr certa de que é pouco, comparado com o que a cidade tem.

 

4.1.jpg4.2.jpg4.3.jpg4.1.jpg4.5.jpg

 



publicado por numadeletra às 19:00 | Link do post | Comentar | Ver comentários (11) | Adicionar aos favoritos

Domingo, 15.09.13

 

Ciao Marilena! Ciao Vanna!

Marilena trabalha na livraria e Vanna é a proprietária.

 

A caminho do "Tiempio Israelitico", uma sinagoga sobre a qual falarei oportunamente, encontrei a "Libreria Delle Donne di Firenze".

Fui gentilmente recebida pela Marilena e a Vanna, que se deixaram fotografar para o Numa de Letra e quiseram saber alguns pormenores sobre o meu blog.

 

Quando lhes falei na rubrica “Alguém, algures, numa de leitura”, disseram-me que há uns tempos a “Libreria Delle Donne” promoveu um concurso de fotografia em que o mote eram os livros. Gostei de saber.

Na conversa, deram-me a conhecer pormenores interessantes sobre a "vida" da livraria. Aqui se promovem regularmente seminários, apresentações, exposições e outros eventos culturais.

Dão especial atenção às pequenas editoras de qualidade, apoiando-as, assim como a publicações de autoras femininas, já que têm acesso a catálogos específicos. Também oferecem assistência bibliográfica para traduções de autores estrangeiros e fazem despachos de livros para qualquer parte do mundo.

 

Sendo uma livraria com parcerias várias, como o "Centro de Documentação" e a "Cooperativa das Mulheres", tem uma boa oferta cultural e didáctica.

É um espaço simpático, acolhedor e versátil, inovador embora "clássico", onde o universo feminino  é privilegiado.

 

Aqui o tempo passa depressa, porque há muito que ver.

As anfitriãs são pessoas de bom gosto, dão alma a este agradável espaço.

Para quem tenciona visitar Florença e precisa de quebrar o ritmo de visitas, tanto esta sugestão como a do post anterior caem bem. Eu gostei muito.

 

1.jpg2.jpg

 

 



publicado por numadeletra às 15:50 | Link do post | Comentar | Ver comentários (14) | Adicionar aos favoritos


mais sobre mim
[email protected]
[email protected]
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Alguém, algures... Numa d...

Alguém, algures... Numa d...

Alguém, algures... Numa d...

"English Magic"

Alguém, algures... Numa d...

55ª Exposição Internacion...

Veneza

Alguém, algures... Numa d...

Florença - Parte 4

Libreria Delle Donne (Flo...

Maio 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Estiveram Numa de Letra...
simple hit counter
Parabéns pelo 5º aniversário :)Deste autor, ainda ...
Tampouco gostei. Achei enfadonho e foi com dificu...
Mesmo sem ser um fã de Murakami, a verdade é que e...
Parabéns :|
O livro nunca esteve proibido em Portugal.
Gostaríamos de oferecer gratuitamente 60€ em publi...
Que frase extraordinária, adorei!Um bom ano para t...
Feliz Natal <:)}
Feliz Natal!um beijinhoGábi
Adivinhei o "segredo" logo no início...
tags

1q84

2012

2013

2014

2015

2016

39 em 1

55ª exposição internacional de arte

acordo ortográfico

aeroporto

afonso cruz

agradecimento

animais

aniversário

ano novo

antónio

antónio alçada baptista

arte

as leituras dos outros

barcelona

bienal de veneza

boas festas

bom fim-de-semana

bruxelas

caricatura

caricaturista

cascais

catarina ou o sabor da maçã

cinema

coldplay

concertos

david bowie

debaixo de algum céu

dia do animal

dia mundial da criança

dia mundial da música

dia mundial do livro

estádio do dragão

fantasporto

feira do livro

feira do livro do porto

férias

florença

foz do douro

funchal

gabriel garcía márquez

galerias de arte

haruki murakami

inaugurações simultâneas

israel

itália

jorge luis borges

josé eduardo agualusa

josé saramago

julião sarmento

la biennale di venezia

lisboa

livraria galeria papa-livros

livraria galileu

livrarias

livros

londres

luis sepúlveda

madeon

mensagens

metro

miguel torga

murais

museu nacional soares dos reis

museu soares dos reis

música

naftali bezem

natal

noites brancas

nuno camarneiro

ondjaki

os anos

os transparentes

paris

pavilhão grã-bretanha

philip roth

poesia

porto

primavera

projecto arte de portas abertas

provérbios

quantas madrugadas tem a noite

quarteirão miguel bombarda

raymond carver

rua

s. joão

serralves

soho

tel aviv museum of art

teolinda gersão

the national gallery

truman capote

valter hugo mãe

veneza

viagens

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds