Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2013

 

O Bairro Judeu tem um "charme" muito próprio, de tão harmonioso e cuidado.

As vestes dos Ortodoxos, todas pretas, são interessantes e contrastam com a envolvência beije dos muros, das escadas, das construções.

O tempo passa a correr, tantos são os pontos de interesse. Sentarmo-nos numa das esplanadas dos muitos cafés da zona, para além de ser óptimo para recuperar forças, é delicioso para o paladar e para a vista – os sentidos apuram-se.

 

A melhor forma de aqui entrar é também pela Porta de Jafa, atravessando o Bairro Arménio.

A Praça Hurda, sensivelmente no centro do Bairro, é ponto de encontro e partida para os diversos locais interessantes a visitar. Daqui se chega às principais sinagogas, ao Cardo (zona escavada e parcialmente construída), ao Muro da Tolerância, aos Museus,... ao Muro das Lamentações! A praça onde se chega a este Muro é uma espécie de Sinagoga a céu aberto, onde diariamente se juntam a orar muitos grupos de judeus (homens na parte grande da muralha e mulheres na secção ao lado, separada por uma parede e num espaço muito menor).

 

Daqui se avista, bem centrado, o grande Menorah (candelabro de sete braços), companhia de oração no Shabbath e em festivais de fé judaica.

 

O Muro das Lamentações é o que resta do muro de suporte do Templo do Monte, mandado construir por Herodes, o Grande. Trata-se de uma parede maciça, beije e lisa, feita de blocos enormes e é o local judaico mais sagrado.

 

O Bairro Judeu é, de longe, o melhor conservado e o mais organizado da Cidade Antiga.

 

Para os turistas é um local histórico interessante, para os judeus um centro de culto e espiritualidade.

 

Antes da conclusão deste último post sobre Israel, apenas uma referência ao imenso que há para descobrir na Cidade Moderna: óptimos hotéis, o Monte das Oliveiras com uma vista extraordinária sobre a muralha e a Cidade Velha, o Museu de Israel – riquíssimo -, o Museu Yad Vashem (um monumento em memória dos mais de seis milhões de judeus mortos no Holocausto Nazi), sinagogas, um bairro onde só vivem judeus ultra-ortodoxos, enfim!...

 

Fica a sugestão para quem aprecie viagens com sentido e História: nunca será uma aventura, para mim foi a concretização de um sonho, uma “escapadela” verdadeiramente empolgante e inesquecível.

 

Composição 1_Israel Parte 5.jpgComposição 2_Israel Parte 5.jpgComposição 3_Israel Parte 5.jpgComposição 4_Israel Parte 5.jpg

 Composição 5_Israel Parte 5.jpgComposição 6_Israel Parte 5.jpgComposição 7_Israel Parte 5.jpgComposição 8_Israel Parte 5.jpgComposição 9_Israel Parte 5.jpg

 



publicado por numadeletra às 19:23 | Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

21 comentários:
De Existe um Olhar a 21 de Janeiro de 2013 às 23:22
Já tive a sorte de fazer imensas viagens por esse mundo fora e hoje ao reler os posts da tua viagem a Israel, fico com uma pena imensa de não ter feito o mesmo que tu fizeste, limitei-me a colocar fotos, mas nada comparável com a descrição detalhada que tu fizeste. Não há roteiros turísticos que se possam gabar de ter uma informação tão detalhada como a tua.
Só posso e devo dar-te os meus sinceros parabéns.

Beijos
Manu


De numadeletra a 23 de Janeiro de 2013 às 19:55
Não sejas modesta, por vezes, uma imagem vale mais do que mil palavras. Depois, no meu caso, tenho de descontar a parcela de amizade que sempre colocas nos teus comentários.

Beijinho e obrigada :-)


De golimix a 22 de Janeiro de 2013 às 14:13
Não sei porquê Israel nunca me atraiu, não porque não ache que não tem uma imensa riqueza histórica mas porque acho que é testemunha de muita intolerância. E porque me assusta o clima de tensão e instabilidade que possa existir. Estarei errada?

Pela tua descrição dá, de facto, vontade de lá ir.


De numadeletra a 23 de Janeiro de 2013 às 20:03
Há um certo estigma associado a Israel até porque, infelizmente, quando os noticiários falam deste país é para relatar episódios de guerra. Não foi essa a realidade que encontrei, bem pelo contrário: um país lindíssimo, de gente afável e culta (todos os taxistas a falarem fluentemente inglês).
Pessoas orgulhosas da sua cultura e religião, das tradições e muito, muito à frente...

Beijinhos


De golimix a 24 de Janeiro de 2013 às 08:30
Estou pasma! Não era o que eu esperava.


De stipe07 a 22 de Janeiro de 2013 às 21:51
Obrigado pela visita!


De numadeletra a 23 de Janeiro de 2013 às 20:06
A acrescentar a tudo o que vi, fica também o som... gostei muito!


De redonda a 23 de Janeiro de 2013 às 00:46
Gostei muito da viagem.
Quando penso em fazer um caderno de viagem nas férias era algo assim que gostaria de fazer.




De numadeletra a 23 de Janeiro de 2013 às 20:11
Estou certa que sairia muito bem e aqui fica o repto lançado...
Comentários estimulantes são reconfortantes.
Obrigada e beijinho


De RAA a 23 de Janeiro de 2013 às 12:35
Óptima escapadela!, também gostava.


De numadeletra a 23 de Janeiro de 2013 às 20:19
E porque não?... Planeie, vá e conte!
Abraço


De Magdalena Michelle Leone a 24 de Janeiro de 2013 às 15:36
Estou deliciada.
Li estes posts de enfiada, com vontade de mais e mais e mais: pelo motivo geográfico, cultural e histórico que é dos meus SONHOS de viagem (e não só ir e ver mas sentir) mas pela forma como partilhaste isto connosco.

Muito obrigada, soube-me muito, muito bem. Hei-de ser eu um dia a vivenciar o que nos mostraste e escreveste.
Como disseste no post anterior, "é preciso lá estar para sentir.". E espero conseguir fazê-lo. :)


De numadeletra a 27 de Janeiro de 2013 às 21:53
Gostei muito deste comentário pela simpatia e sinceridade. Oxalá o sonho se realize, mesmo que demore.
Beijinho e vai aparecendo!


De sweet a 26 de Janeiro de 2013 às 14:52
oh que fotos interessantes, as minhas preferidas até agora :)


De numadeletra a 27 de Janeiro de 2013 às 21:55
Não é difícil gostar do bairro judeu. É encantador.
Beijinho e boa semana!


De marcia a 28 de Janeiro de 2013 às 00:59
Só hoje tive possibilidade de ler tudo o que escreveste sobre esta viagem, bem como apreciar as fotos.
Que privilégio estar em tais locais com tamanho significado. Uma viagem única da qual gostaria de saber (ainda) mais. Espero que haja oportunidade para isso. Beijinhos.


De numadeletra a 30 de Janeiro de 2013 às 21:03
Há, de facto, imensa coisa que poderia e deveria ter sido escrita, mas o risco de se tornar um tema maçador fez-me parar.
Contudo, não descarto a hipótese de regressar com alguns apontamentos, de quando em vez.

Gostei muito do teu comentário.
Beijinhos


De miilay a 3 de Fevereiro de 2013 às 18:53
Parabéns, parece que fui lá. Faltam-me realmente os cheiros, os sons e saltar na areia do deserto!!!
Descrição fantástica!
miilay


De numadeletra a 11 de Fevereiro de 2013 às 20:55
Com sinceras desculpas pela demora na resposta, agradeço os comentários tão simpáticos nos posts sobre Israel.
No fundo, para além de procurar transmitir o que vivenciei, também esteve no meu subconsciente o desejo de desmistificar um pouco o conceito destorcido que se tem sobre este país.
Um abraço!


De Cris a 10 de Março de 2015 às 18:44
Que grande aventura! As fotos e as descrições dão mesmo vontade de lá ir!


De numadeletra a 10 de Março de 2015 às 21:25
Foi uma viagem inesquecível!


Comentar post

mais sobre mim
[email protected]
[email protected]
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


"A Peregrinação do Rapaz ...

Registos de Rua... parte ...

Para sempre George Michae...

Feliz Natal!

“A Mulher”, de Meg Wolitz...

Registos de Rua... parte ...

Exposição de Artes Plásti...

Dia do Animal

Dia Mundial da Música

5ª Edição de Inaugurações...

Maio 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Estiveram Numa de Letra...
simple hit counter
Tampouco gostei. Achei enfadonho e foi com dificu...
Mesmo sem ser um fã de Murakami, a verdade é que e...
Parabéns :|
O livro nunca esteve proibido em Portugal.
Gostaríamos de oferecer gratuitamente 60€ em publi...
Que frase extraordinária, adorei!Um bom ano para t...
Feliz Natal <:)}
Feliz Natal!um beijinhoGábi
Adivinhei o "segredo" logo no início...
Adorava ler este livro em Português mas não estou ...
tags

1q84

2012

2013

2014

2015

2016

39 em 1

55ª exposição internacional de arte

acordo ortográfico

aeroporto

afonso cruz

agradecimento

animais

aniversário

ano novo

antónio

antónio alçada baptista

arte

as leituras dos outros

barcelona

bienal de veneza

boas festas

bom fim-de-semana

bruxelas

caricatura

caricaturista

cascais

catarina ou o sabor da maçã

cinema

coldplay

concertos

david bowie

debaixo de algum céu

dia do animal

dia mundial da criança

dia mundial da música

dia mundial do livro

estádio do dragão

fantasporto

feira do livro

feira do livro do porto

férias

florença

foz do douro

funchal

gabriel garcía márquez

galerias de arte

haruki murakami

inaugurações simultâneas

israel

itália

jorge luis borges

josé eduardo agualusa

josé saramago

julião sarmento

la biennale di venezia

lisboa

livraria galeria papa-livros

livraria galileu

livrarias

livros

londres

luis sepúlveda

madeon

mensagens

metro

miguel torga

murais

museu nacional soares dos reis

museu soares dos reis

música

naftali bezem

natal

noites brancas

nuno camarneiro

ondjaki

os anos

os transparentes

paris

pavilhão grã-bretanha

philip roth

poesia

porto

primavera

projecto arte de portas abertas

provérbios

quantas madrugadas tem a noite

quarteirão miguel bombarda

raymond carver

rua

s. joão

serralves

soho

tel aviv museum of art

teolinda gersão

the national gallery

truman capote

valter hugo mãe

veneza

viagens

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds