Quarta-feira, 31 de Dezembro de 2014

 

2015 Feliz!!!.jpg   



publicado por numadeletra às 14:00 | Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos

Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014

 

DSC03669.JPG

DSC03670.JPG

 

 

 



publicado por numadeletra às 01:30 | Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2014

  

Excerto Natal.jpg 

    "Um Natal e Outras Histórias" - Truman Capote

 



publicado por numadeletra às 01:32 | Link do post | Comentar | Ver comentários (9) | Adicionar aos favoritos

Domingo, 14 de Dezembro de 2014

 

Quem acompanha o pedrices sabe que o Pedro é apaixonado pela Grécia.

Gentilmente enviou-me um mural em Chania, Creta, que publico com muito agrado.

Espero que gostem. Tanto, como eu...
 

P1060889.JPG



publicado por numadeletra às 15:07 | Link do post | Comentar | Ver comentários (10) | Adicionar aos favoritos (1)

Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014

 

Livro Sem Ninguém_Pedro Guilherme Moreira.png

 Este é um título sugestivo e verdadeiro, já que o livro não tem personagens. Bom, na verdade não tem nomes nem diálogos mas está cheio de pessoas e são os objectos que nos conduzem a elas.

Logo no início o leitor é confrontado com uma planta da Rua do Arco-Celeste (o local onde se desenrola o enredo) e é convidado a usá-la para tirar notas e apontamentos que acompanhem a leitura.

Há 7 casas, cada uma com a cor do arco-íris, uma escola, um infantário, duas torres, uma sucata, uma horta, uma florista, um café, entre outros locais.

Depois vêm os objectos que dão o mote para o leitor revestir as casas com personagens: uma bengala e uma cadeira de rodas a insinuarem velhice; parada em frente à casa amarela uma 4L com um autocolante de uma discoteca de Ibiza, que um dia é trocado por um autocolante de “bebé a bordo” informando-nos que a rapariga da casa amarela foi mãe; na  porta exterior da casa violeta 2 homens gráficos com as cores do arco-íris indicando homossexualidade; na casa índigo camisas negras e cabelos negros a mostrarem uma numerosa família cigana. Estas, entre muitas outras informações que vêm de associações deste género.

 

Mas mais do que as pistas que põem o leitor no papel de detective, "Livro Sem Ninguém" está cheio de simbolismos.

Como a casa índigo que representa a atitude para com as minorias, o aforismo em ferro forjado à entrada da horta comunitária “e vem a fome e leva tudo” , ou a florista cuja montra personifica o que se passa na rua.

 

Há até flores a simbolizarem cada casa. Aliás, em cada capítulo – que é um mês do calendário –, PG-M descreve um tanto ou quanto pormenorizadamente a flora relativa a esse mês. Facto peculiar, sem dúvida.

 

Para mim o melhor do livro são as passagens ligadas à arte e até elegi uma frase favorita: “Deus é impressionista”.

 

Este título é o segundo livro publicado de PG-M e foi finalista do prémio Leya em 2012.

 

Conheci o autor numa sessão intimista e produtiva. Aí ficámos a saber que a ideia para este livro surgiu no início do Outono, numa manhã em que PG-M sai à rua e não encontrou ninguém. Depois o autor confessou também que este livro lhe “exigiu uma grande disciplina” e que tinha receio de ficar “um livro frio”.

Mas não, longe disso, o resultado é muito bom. Vale a pena ler este "Livro Sem Ninguém".

 

Excerto2.jpg 



publicado por numadeletra às 18:19 | Link do post | Comentar | Ver comentários (8) | Adicionar aos favoritos

mais sobre mim
[email protected]
[email protected]
Maio 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


"A Peregrinação do Rapaz ...

Registos de Rua... parte ...

Para sempre George Michae...

Feliz Natal!

“A Mulher”, de Meg Wolitz...

Registos de Rua... parte ...

Exposição de Artes Plásti...

Dia do Animal

Dia Mundial da Música

5ª Edição de Inaugurações...

Maio 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Estiveram Numa de Letra...
simple hit counter
Parabéns pelo 5º aniversário :)Deste autor, ainda ...
Tampouco gostei. Achei enfadonho e foi com dificu...
Mesmo sem ser um fã de Murakami, a verdade é que e...
Parabéns :|
O livro nunca esteve proibido em Portugal.
Gostaríamos de oferecer gratuitamente 60€ em publi...
Que frase extraordinária, adorei!Um bom ano para t...
Feliz Natal <:)}
Feliz Natal!um beijinhoGábi
Adivinhei o "segredo" logo no início...
tags

1q84

2012

2013

2014

2015

2016

39 em 1

55ª exposição internacional de arte

acordo ortográfico

aeroporto

afonso cruz

agradecimento

animais

aniversário

ano novo

antónio

antónio alçada baptista

arte

as leituras dos outros

barcelona

bienal de veneza

boas festas

bom fim-de-semana

bruxelas

caricatura

caricaturista

cascais

catarina ou o sabor da maçã

cinema

coldplay

concertos

david bowie

debaixo de algum céu

dia do animal

dia mundial da criança

dia mundial da música

dia mundial do livro

estádio do dragão

fantasporto

feira do livro

feira do livro do porto

férias

florença

foz do douro

funchal

gabriel garcía márquez

galerias de arte

haruki murakami

inaugurações simultâneas

israel

itália

jorge luis borges

josé eduardo agualusa

josé saramago

julião sarmento

la biennale di venezia

lisboa

livraria galeria papa-livros

livraria galileu

livrarias

livros

londres

luis sepúlveda

madeon

mensagens

metro

miguel torga

murais

museu nacional soares dos reis

museu soares dos reis

música

naftali bezem

natal

noites brancas

nuno camarneiro

ondjaki

os anos

os transparentes

paris

pavilhão grã-bretanha

philip roth

poesia

porto

primavera

projecto arte de portas abertas

provérbios

quantas madrugadas tem a noite

quarteirão miguel bombarda

raymond carver

rua

s. joão

serralves

soho

tel aviv museum of art

teolinda gersão

the national gallery

truman capote

valter hugo mãe

veneza

viagens

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds